Casal das Freiras Touriga Nacional & Cabernet Sauvignon

Este vinho resulta da junção de duas castas bastante nobres no mundo dos vinhos – Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon. A Touriga Nacional, de pele grossa e rica em matéria corante, origina vinhos de cores intensas e profundas. A abundância de aromas primários é um dos seus cartões de visita. Já o Cabernet Sauvignon confere aos vinhos bons taninos e uma ligeira acidez, os aromas que predominam são as especiarias e madeira de cedro.

Da combinação destas duas castas resulta um vinho onde o aroma é dominado pela casta francesa, com notas balsâmicas frescas e um leve vegetal. Floral no fundo, graças à Touriga Nacional, que mantém a frescura na boca. Taninos presentes que permitem guardar este vinho por mais anos. A sua complexidade e final de boca seco faz, quem o consome, pedir por comida.

Qualquer grato de carnes de caça faz maravilhas quando combinado com um copo deste vinho. Experimente degustar esta combinação de castas com uma belas costeleta de Javali assada no forno, com alecrim e batatas assadas.

Casal Das Freiras Syrah

A casta Syrah é das variedades estrangeiras a que melhor se adaptou ao clima e ao solo português, estando presente um pouco por todo o país. Dá origem a vinhos enormes na dimensão e entrega, bastante frutados, alguma pimenta e de corpo robusto. Por vezes alcoólicos e geralmente especiados.

Este exemplar do Casal das Freiras demonstra a influencia que o terroir pode ter numa casta. Um vinho que mantém o perfil exuberante da casta, com muitos frutos negros e um leve couro – aroma característico da adega. O seu perfil é expressivo e sedutor, redondo na boca, com taninos maduros.

Junte um copo deste Syrah do Tejo a um pappardelle com ragu especiado, temperado com alguma especiaria marcante, como zimbro, por exemplo, ou noz-moscada. O equilíbrio entre o perfil frutado do vinho e estas especiarias tornará qualquer refeição inesquecível.